Os cabelos funcionam como uma moldura para o rosto e, por isso, um cabelo forte, saudável e bem cuidado é o desejo de muitos.

Além disso, os cabelos também podem ser um reflexo da nossa saúde: a deficiência de alguns nutrientes podem enfraquecer o cabelos. Com as unhas não é diferente.

Por isso, existem muitas opções de suplemento vitamínico voltado para a saúde e fortalecimento de cabelo e unhas. Um dos suplementos vitamínicos mais utilizados para essa finalidade é o Lavitan Cabelos e Unhas.

Ao longo deste artigo, você vai ter acesso a uma análise completa da formulação e benefícios do Lavitan Cabelos e Unhas.

Lavitan Cabelos e Unhas: o que é?

O Lavitan é um suplemento vitamínico na forma de comprimidos. Fonte da imagem: Amazon

O Lavitan Cabelos e Unhas é um suplemento multivitamínico composto por diversas vitaminas e nutrientes. O suplemento é comercializado na forma de comprimido e cada caixa conta com 60 comprimidos.

Como se trata de um suplemento, é classificado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) como um alimento e não como um medicamento.

O suplemento é livre de açúcar, glúten e calorias e é composto por vitamina B6, biotina, zinco, cromo e selênio.

Segundo a marca, o uso do suplemento promove ação antioxidante, além de ajudar na manutenção dos cabelos, pele e unhas. O suplemento também promete fortalecer o sistema imune.

Cabelo e unhas: como são formados?

Os cabelos e unhas são formados, principalmente, por queratinócitos, células produtoras de queratina, que é uma proteína que dá sustentação às unhas e cabelos.

Ambos têm uma função muito além da estética: servem como barreiras que protegem o nosso organismo contra agentes patológicos. São parte integrante das defesas primárias do corpo contra danos físicos, radiação solar, variações de temperatura e infecções.

A forma e o crescimento dos cabelos e unhas são determinadas por células matrizes, a partir da informação contida no nosso DNA.

Por isso, a espessura, cor e padrão de crescimento dos fios de cabelo tendem a se manter padronizadas ao longo da vida.

Ambas as estruturas, cabelos e unhas, são renovadas várias vezes ao longo da nossa vida. As unhas das mãos, por exemplo, podem levar cerca de seis meses para serem totalmente renovadas.

Já os cabelos levam anos para serem totalmente renovados e essa renovação pode acontecer por cerca de vinte vezes ao longo da vida.

Apesar de seguir um padrão pré determinado geneticamente, alguns fatores como estresse, idade, infecções, algumas doenças e deficiências nutricionais podem provocar algumas alterações, deixando a estrutura dos cabelos e unhas mais frágeis, causando queda e enfraquecimento das suas estruturas.

Conheça a fórmula do Lavitan Cabelos e Unhas

Confira abaixo uma análise da formulação do Lavitan Cabelos e Unhas:

Vitamina B6

A vitamina B6 é importante para a saúde dos cabelos. Fonte da imagem: Freepik.

A vitamina B6 (ou piroxidina) é uma vitamina envolvida em diversos processos metabólicos. A vitamina B6 é encontrada principalmente em alimentos como: banana, castanha, nozes, amêndoa, peru, carne bovina, couve-flor e bacalhau.

A vitamina B6 está envolvida na síntese de queratina, proteína essencial para o crescimento e fortalecimento dos fios.

Por isso, a ingestão de vitamina B6 contribui para o crescimento dos fios de cabelo e ajuda a tratar e prevenir a alopecia, que é a queda de cabelo.

A queratina também é importante para o fortalecimento das unhas e para a saúde da pele. Portanto, a ingestão de vitamina B6 tem efeito positivo para a pele, cabelos e unhas.

A ausência de vitamina B6 pode levar a sintomas como queda de cabelo, irritabilidade, neuropatia, fraqueza e dermatite.

Cada cápsula de Lavitan conta com 1,3 mg de vitamina B6.

Biotina

A biotina ajuda a deixar as unhas mais fortes e resistentes. Fonte da imagem: Freepik.

A biotina, também chamada de vitamina B7, é uma das vitaminas que integram o complexo B. A biotina pode ser encontrada em alguns alimentos: aveia, cevada, nozes, grão de bico, cereais, peixe, fígado e ovo.

A biotina é importante para o crescimento celular e, por isso, também favorece o fortalecimento e crescimento dos cabelos, unhas e saúde da pele.

Dermatologistas e nutricionistas, com frequência, prescrevem a suplementação com biotina para o tratamento de doenças da pele, queda de cabelo, hidratação da pele, e fortalecimento das unhas.

A biotina também está envolvida no processo de síntese de queratina, uma proteína fibrosa que dá sustentação às unhas e cabelos.

A biotina também ajuda a manter o zinco nos níveis ideais, o que é bastante positivo para a saúde da pele.

Além disso, a biotina tem efeito antioxidante, o que previne o envelhecimento precoce e ajuda a manter a jovialidade da pele.

A deficiência de biotina colabora para o enfraquecimento das unhas, queda e despigmentação do cabelo.

Cada cápsula de Lavitan conta com 30 microgramas de biotina.

Zinco

O zinco contribui para a beleza e saúde da pele. Fonte da imagem: Freepik.

O zinco é um mineral essencial para o processo de síntese de DNA e de novas células, incluindo as células responsáveis pela formação dos fios de cabelo.

Por isso, o zinco é importante para a renovação e crescimento capilar e ajuda a manter os cabelos fortes, saudáveis e com aspecto bonito.

O zinco também contribui de diversas maneiras para a saúde da pele. Ele participa da síntese do colágeno, que dá firmeza e elasticidade à pele. Além disso, o zinco ajuda a amenizar manchas e linhas de expressão.

O zinco também é importante para o tratamento e prevenção da acne, além de ajudar no processo de cicatrização de feridas e ter efeito antioxidante, o que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele.

Como mencionado, o zinco é importante para a síntese de colágeno. A deficiência de colágeno pode causar manchas esbranquiçadas e causar envelhecimento precoce das unhas.

Os principais alimentos ricos em zinco são: carne bovina, castanhas, frutos do mar, nozes e amêndoas.

A deficiência de zinco pode causar queda de cabelo, maior susceptibilidade às infecções, alterações no paladar, problemas de fertilidade e dificuldade de cicatrização.

Cada cápsula de Lavitan conta com 7 mg de zinco.

Cromo

O cromo melhora o metabolismo de queratina, proteína importante para a saúde das unhas.

O cromo é um mineral encontrado em pequenas porções em alguns alimentos, como cereais integrais, leguminosas, carnes vermelhas e oleaginosas.

O cromo participa no metabolismo dos carboidratos, proteínas e gorduras.

O cromo participa do processo de síntese de proteínas, incluindo a queratina, que é fundamental para a saúde da pele, cabelos e unhas.

A deficiência de cromo pode causar confusão mental, perda de peso, redução da resposta ao açúcar, queda de cabelo, dentre outros transtornos.

Cada cápsula de Lavitan conta com 35 microgramas de cromo.

Selênio

O selênio contribui para a saúde dos fios de cabelo. Fonte da imagem: Freepik.

O selênio é um mineral com potente ação antioxidante e anti-inflamatória. Os principais alimentos ricos em selênio são ovos, castanha, peixe, carne bovina e farinha de trigo integral.

Como tem potente ação antioxidante, o selênio ajuda a proteger a pele, cabelos e unhas dos efeitos causados pelo estresse oxidativo.

O selênio também é importante para a síntese de queratina, proteína importante, como já mencionado, para a saúde dos cabelos, unhas e pele.

A deficiência de selênio pode causar queda de cabelos e unhas, arritmia cardíaca, fraqueza muscular, envelhecimento precoce e maior susceptibilidade às infecções.

Lavitan Cabelos e Unhas funciona?

Caixa de Lavitan Cabelos e Unhas com 60 cápsulas. Fonte da imagem: site oficial da marca.

A pergunta que não quer calar é: Lavitan Cabelos e Unhas é bom? Funciona? Em regra, sim!

Como podemos ver pela sua composição, o Lavitan é composto por vitaminas e minerais essenciais para o organismo e para o desenvolvimento e fortalecimento das unhas, cabelos e pele.

Por isso, muitas pessoas relatam melhoras após fazer o uso do Lavitan Cabelos e Unhas. Ao repor as quantidades diárias necessárias de determinados nutrientes, há uma melhora e fortalecimento das unhas e cabelos, principalmente.

Contudo, é importante deixar claro que problemas com unhas, pele e cabelos podem ter outras causas que não a deficiência nutricional.

Por isso, é importante conversar com um médico ou nutricionista e avaliar o seu caso em particular, investigando a causa e traçando a melhor estratégia terapêutica.

A depender da gravidade da deficiência nutricional, a concentração de vitaminas e minerais no suplemento pode não ser suficiente.

Lavitan Cabelos e Unhas: como tomar e para quem é indicado?

O Lavitan Cabelos e Unhas é indicado para quem está com problemas de queda de cabelo e fraqueza nas unhas por conta da deficiência de nutrientes. O uso deve ser feito de acordo com a recomendação do médico ou nutricionista.

Deve-se ingerir uma cápsula do suplemento ao dia, todos os dias, durante três meses. Não há um horário mais recomendado para tomar o Lavitan. Portanto, opte por ingerir o suplemento no horário mais prático, de acordo com a sua rotina.

Grávidas, lactantes e crianças devem ter cuidado redobrado ao tomar suplementos por conta própria, e com o Lavitan não é diferente. Portanto, devem consultar um médico.

Lavitan Cabelos e Unhas tem efeitos colaterais?

De maneira geral, o Lavitan Cabelos e Unhas não causa efeitos colaterais relevantes. Entretanto, a suplementação feita sem a orientação de um especialista pode causar efeitos colaterais por conta de interações medicamentosas ou até mesmo agravar o problema que se pretende solucionar.

O uso do Lavitan, por exemplo, sem orientação médica, pode intensificar a queda de cabelo e fraqueza das unhas.

FAQ

Tomar Lavitan engorda?

Não, o suplemento não conta com quantidades relevantes de calorias.

Quando o Lavitan Cabelos e Unhas começa a fazer efeito?

De acordo com o fabricante, o uso deve ser feito por no mínimo três meses. Segundo relatos de usuários em plataformas, já é possível ver resultados positivos nos cabelos e unhas a partir da terceira semana do uso.

Lavitan causa acne?

Em regra, não. Inclusive, o suplemento conta com zinco entre os seus componentes, e o zinco é utilizado no tratamento e prevenção da acne. Entretanto, caso observe o surgimento de acne relacionado ao uso do suplemento, converse com um nutricionista.

Pode tomar Lavitan à noite?

Sim, o suplemento não conta com ingredientes que possam interferir na qualidade do sono.

Quem toma Roacutan pode tomar Lavitan?

O ideal é não associar o uso de Roacutan com suplementos ricos em vitamina A, que não é o caso do Lavitan. Contudo, consulte o seu dermatologista para que ele avalie o seu caso em particular.